12º DIA – TUDO POSSO NA FORÇA DE DEUS

12º DIA - TUDO POSSO NA FORÇA DE DEUS

CAMPANHA 21 DIAS PARA ATIVAR SUA FÉ

12º DIA – TUDO POSSO NA FORÇA DE DEUS

SFilipenses 4.13 

Na vida espiritual, somente é obra de Deus aquela que procede da dependência dEle. Para Deus, tão importante quanto o que fazemos é a origem da força que usamos para fazer. Se fizermos a obra baseados na nossa própria força, o resultado será rejeitado por Deus. Toda obra de Deus tem que ser feita para Deus e na força de Deus. Portanto, podemos edificar de três formas distintas:

  1. OURO: Ouro na Bíblia é a glória de Deus. Portanto, a obra é de ouro quando fazemos para Deus na força, na dependência de Deus.
  2. MADEIRA: Madeira é quando fazemos algo para Deus, mas na força do homem, sem depender do Senhor; sem orar, sem confiar.
  3. PALHA: A palha é igual à madeira, só que o fogo consome muito mais rápido. Palha é quando fazemos uma obra que deveria ser para Deus, mas fazemos para o homem. Fazemos para receber reconhecimento, elogio e para que os outros saibam que nós somos capazes.

Nosso desafio nesse tempo de consagração é fazer uma obra em OURO para Deus. É fazer no padrão que o Senhor estabeleceu.  Por isso, vamos interiorizar essa verdade de Deus, proclamada pelo apóstolo Paulo em Filipenses 4.1 “TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE.”.

 

Essa expressão: “Tudo posso” fala:

 

  1. DE UM GRANDE PROBLEMA (v.13)
    • “TUDO POSSO” existe por causa de um problema. Se não tivermos problemas, não precisamos da força, do milagre e da fé.
    • Você não pode se qualificar para um milagre, a menos que tenha uma situação de impossibilidade. E as situações de impossibilidades são instrumentos de Deus para nos fazer avançar no nível de fé que possuímos. Por exemplo, Paulo fala acerca de um espinho na carne em II Coríntios 12.7-10.
    • É quando os problemas se manifestam que a nossa fé é desafiada e nós somos confrontados a agir baseados na Palavra de Deus e avançar em nossa experiência com Deus. Vejamos:
  2. Diante do Jordão, não adianta ficar esperando as águas se abrirem. É preciso colocar o pé na água;
  3. Diante da afronta de Golias, Davi correu na direção do gigante e lutou contra ele;
  4. O quarto homem nunca teria entrado na fornalha se os três jovens não tivessem sido lançados lá dentro;
  5. Sem cruz, Jesus não teria experimentado o poder da ressurreição;
    • Muitos oram pedindo a Deus para ser homens e mulheres de fé, mas pensam que vão alcançar essa medida através de uma imposição de mãos ou da aparição de um anjo. A maneira de Deus fazer você crescer em fé é colocando um grande desafio diante de você.

Milagre custa caro, não é mágica. É preciso sair da zona de conforto e enfrentar os desafios de frente.

 

  1. FALA DE NOS TIRAR DO NÍVEL DA MEDÍOCRIDADE (v.13)
    • Mediocridade vem de medíocre, que vem do latim mediocris, que significa médio, mediano. Ou seja, medíocre é algo utilizado para designar algo mediano, ou ordinário, comum.
    • O mundo tem um padrão. Até mesmo no meio evangélico, existe um padrão mediano, em que a maioria das pessoas andam. Mas o padrão de Cristo é que nós possamos ir além da média. Jesus disse: “Vá além”.
  • A lei dizia “não matarás”, mas eu vos digo “não se ire”.
  • A lei dizia “não adulterarás”, mas eu vos digo “não olhe com intenções impuras”.
  • A lei dizia “não roubarás” , mas eu vos digo “não cobices”.
  • A lei dizia “dê o dízimo de tudo”, mas eu vos digo, “dê tudo!”.
    • Se quisermos andar no padrão de Jesus e surfar grandes ondas para Deus, temos que viver acima da média. E o que isso significa na prática: Ore acima da média; Jejue acima da média; Comprometa-se acima da média; Tenha uma fidelidade acima da média; Consagre-se acima da média.

O Diabo vai lhe dizer que você não pode. Mas você vai dizer para ele: “TUDO POSSO!”. Você pode viver acima da média! Você foi chamado para isso! Você vai além da mediocridade! Você vai servir como nunca antes!

 

  1. FALA DE UMA OBRA ALÉM DE NOSSAS FORÇAS (v.13)
    • Antes de um homem ser poderosamente usado por Deus, ele precisa chegar ao fim de si mesmo. Deus só usa aqueles que reconhecem que são fracos e incapazes. Evidentemente, a fraqueza aqui não é da carne, do pecado e da incredulidade.
    • Fraqueza que gera força é aquela que reconhece que não podemos nada em nós mesmos, fraqueza que resulta da dependência de Deus.
    • Um grande exemplo disso foi Moisés. Veja como está dividida a vida dele:

PRIMEIRA FASE – 40 anos no Palácio de Faraó: Lá no Egito Moisés foi instruído em toda ciência egípcia e era poderoso em palavras e obras. Nessa época Moisés se achava preparado e capaz de resolver o problema dos hebreus. E ele tentou com as suas próprias forças.

A SEGUNDA FASE – 40 anos no deserto: Durante os quarenta anos que passou no deserto apascentando as ovelhas do seu sogro, Moisés aprendeu lições profundas, que nunca aprenderia no palácio de Faraó. Descobrindo que o verdadeiro conhecimento de Deus é fruto da revelação. “Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus.” Romanos 8.8. Moisés tinha sido criado no palácio. Ele conhecia a etiqueta e o protocolo Real. Ele já havia estado diversas vezes na presença do Faraó. Mas agora ele não confiava mais em si mesmo.

A TERCEIRA FASE – 40 anos guiando o povo para Canaã: Aos oitenta anos de idade, quando já tinha chegado ao fim de si mesmo. Consciente de suas limitações. Consciente de suas imperfeições, Deus levanta Moisés.

Através de Moisés Deus abre o Mar vermelho. Através de Moisés Deus manda no Maná para alimentar o povo. Através de Moisés Deus provê carne e água para o povo. Deus faz tudo através dele. De forma que em Moisés se cumpriu o que disse o apóstolo Paulo: II Coríntios 12.9.

Silvio Galli é o Pastor lider da Igreja Batista Água Viva de Mauá

Share

Assuntos Relacionados:

Web Design: