AMIZADES QUE CURAM


EDIFICAÇÃO PARA A CÉLULA – Semana de  09 à  15 de Julho  2017

TEMA:  “AMIZADES QUE CURAM” PR. FERNANDO LOJUDICI 

SUGESTÃO QUEBRA GELO:  “EU DESEJO QUE! (Material: papel e caneta) Peça para que cada um escreva algo que deseja que a pessoa do lado faça. Depois devolva o papel para quem escreveu e diga que ela vai executar o pedido. Moral: Não desejar ao próximo o que não quer para você.

LOUVOR/ADORAÇÃO:  “ Aquele que está feliz(Comunidade de Nilópolis) Ele nos ama tanto(Léo Fonseca)  Faça cópia das canções  para que todos participem. 

DÍZIMOS/OFERTAS:  Segredos para a fidelidade. (Lucas 16.10-13) A vontade de Deus é que cresçamos em todas as áreas. E uma destas áreas é a da Fidelidade.  Fidelidade é um dos Frutos do Espírito. Três lições acerca da Fidelidade ensinadas em (Lucas 16) 1- Ser fiel no pouco. “ Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito…” (vers.10).  Pequenos inícios podem ser as sementes que se tornarão algo grande.
2- Ser fiel com as responsabilidades naturais.  “ assim, se vós não fores justos em lidar com as riquezas deste mundo ímpio, quem vos confiara a verdadeira riqueza?” (vers. 11). Seja fiel naquilo que Deus confiou em tuas mãos. Nos estudos, trabalho, família.
3- Ser fiel com o que é dos outros. “ Se, portanto, não vos tornares dignos de confiança em relação ao que é dos outros, quem vos dará o que é vosso?” (vers.12). Não somos donos, somos mordomos, administradores, apenas servos do nosso Senhor.“ …Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2.10)

EDIFICAÇÃOAmizades que curam.  Há momentos na vida que parece que a vida acabou.  Demissão do emprego. Perda de uma pessoa amada. Diagnóstico de uma doença. Uma traição. Uma transgressão nossa. Perdemos o horizonte. Vemos o futuro de forma nebulosa, escura. Nestes momentos é muito importante termos amigos. Pessoas que possamos contar, desabafar.  Existem encontros que nos transformam e abraços que curam. Vamos falar de um homem que sua vida acabou. Já não existia o amanhã para ele. Vamos falar de Lázaro. (João 11.1-44) .  Lázaro havia adoecido, e sua enfermidade evoluiu o levando para a morte. Para ele tudo acabou. Mas, Lázaro tinha um Amigo Fiel e Verdadeiro. Que o amava. Este amigo era Jesus!                           Quero no caminhar desta palavra que você se coloque no lugar de Jesus. No lugar do amigo. O mundo está cheio de pessoas que não vão viver o amanhã. Que não acreditam que existe um amanhã. Pessoas que vivem um dia após o outro, sem perspectivas. Sua vida está agonizando. E estas pessoas, muitas vezes, estão ao nosso redor. Familiares, amigos no trabalho, na igreja.   Quero te desafiar a ir até pessoas que precisam de um amigo, que os ajudem. Que precisam de um “Encontro que transformam e um abraço que cura!” Nestes momentos de nossa vida, precisamos dos amigos. Queremos mostrar quais as atitudes destes amigos:

  1. Eles se fazem presente. (João 11.7-8) Amigos estão lá. Marcam presença. Mudam sua agenda. Jesus foi ao encontro de Lázaro, quando soube de sua doença. Mesmo seus discípulos dizendo que na Judeia, pois era onde Lázaro morava, os judeus tentaram mata-lo. Jesus responde: “ Sim, vamos para lá porque meu amigo Lázaro precisa de mim!”  Amigos fazem assim.                 Não medem distância. Querem estar lá. Às vezes apenas para ficar ao lado. Quietos.
  2. Eles choram. (João 11.34-35) Há momentos na vida que transformamos nossas palavras em lágrimas. Jesus chorou no túmulo de Lázaro. Mesmo sabendo que dali alguns minutos iria ressuscita-lo. Mas, naquele momento seu amigo está morto. Então, é hora de chorar. Isto aconteceu também na vida de Jó: “ Os três amigos se assentaram no chão com ele, durante sete dias e sete noites. Nenhum lhe disse uma palavra, pois viam que era grande o seu sofrimento.” (Jó 2.13). Amigos choram juntos, mas ao findar o tempo de choro:
  3. Eles trazem esperança. Quando Jesus chega, Marta e Maria, as irmãs de Lázaro, dizem a Ele: “Se o Senhor estivesse aqui meu irmão não teria morrido. Disse Jesus: Teu irmão há de ressurgir . Eu Sou a ressureição e a vida. Quem crer em mim, ainda que morra viverá ; e todo o que vive e crê em mim não morrerá eternamente…” (João 11:23.25-26). Eu e você podemos trazer esperança para aqueles que estão quase desistindo de tudo, até mesmo para aqueles que já desistiram. Nós temos autoridade de profetizar esperança.
  4. Eles nos chamam para a vida. “… Jesus clamou em alta voz: Lázaro vem para fora!” (vers. 43) Jesus o chamou para a vida. Às vezes amigos nossos precisam que nós os chamamos para a vida. Somente amigos de verdade fazem isto. Tem a sensibilidade do momento. Tem uma hora, um dia, em que os amigos precisam chegar na casa deste amigo, abrir a porta, as janelas, cortinas e chama-lo para a vida!
  5. Eles transformam o seu amigo em um espetáculo para a Glória de Deus. “ Soube numerosa multidão dos judeus que Jesus estava ali, e lá foram não só por causa Dele, mas também para verem Lázaro, a quem Ele ressuscitou dentre os mortos.”  (João 12.9).
    É maravilhoso o que um amigo pode fazer na vida de outro amigo. Ele o transforma em algo espetacular para a Glória de Deus. Celebrar sem ter amigos, não faz o menor sentido. Jesus esteve lá. Chorou. Trouxe esperança. Chamou para a vida. Fez dele um espetáculo! Nosso desafio é ser amigo de nossos amigos.

CONCLUSÃO:  Te chamo para um salto de fé. ( Jó 42.10) “ Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes.” Deus mudou a sorte de Jó quando ele orava pelo seus amigos. Assuma este compromisso de abençoar pessoas amigas. Dê um tempo de qualidade, para que ela possa desabafar, chorar, contar sua história e recomeçar a sua vida.

Que você possa ter “Encontros que transformam e abraços que curam!

Fernando Lojudici é Pastor da Igreja Batista Água Viva de Mauá
Share

Assuntos Relacionados:

Web Design: