AS BENÇÃOS E AS CONFISSÕES DAQUELES QUE VIVEM NOS LUGARES CELESTIAIS


SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: “Você acha que no mundo de hoje temos que ser CRISTÃOS BÍBLICOS, isto é, confrontarmos sempre o mundo com a PALAVRA DE DEUS independente de pessoas, locais ou situações, ou temos que ser Politicamente Corretos?”

LOUVOR/ADORAÇÃO: “Maravilhosa Graça(Drops) Nos Lugares Celestiais (Ouvir e Crer).

DÍZIMOS/OFERTAS: Finanças Focadas na Palavra de Deus. “Assim como o homem pensa na sua alma, assim ele é…”  (Pv. 23.7a) Nem todos serão ricos, mas todos podem ser prósperos!  Mude sua maneira de pensar! Confesse o que a Bíblia diz a seu respeito: “Que você é uma arvore frutífera, chamado para prosperar, para ser bendito, bem sucedido, para reinar em vida e comer o melhor desta terra. Eu sou escolhido de Deus. Recebo a abundancia da graça e o dom da justiça! 

Após confessar a Palavra, é preciso perseverar. Ser Fiel. Crer que a semente plantada germinará!

É muito importante você mudar os seus pensamentos, o que por sua vez, mudará sua atitude, resultando na mudança do seu comportamento, o finalmente mudará os seus resultados.

Aquilo que pensamos determina o que somos. Aquilo que somos determina o que fazemos. Seja Fiel nos DÍZIMOS, nas PRIMÍCIAS, e nas OFERTAS!

EDIFICAÇÃO: As Bênçãos e as Confissões daqueles que vivem nos Lugares Celestiais. Efésios 1.1-14.

Onde são estes lugares celestiais? Regiões celestiais é uma expressão usada somente pelo Apóstolo Paulo apenas em Efésios. É um mundo invisível que nos cerca e que permeia o mundo visível e concreto e nos indica:

  1. O lugar onde Cristo está reinando. “O qual exerceu Ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à Sua direita nos Lugares Celestiais.” (Efésios 1.20).
  2. O lugar onde estamos reinando com Ele.
  3. O lugar onde atua os demônios.
  4. O lugar onde recebemos as bênçãos. Se por um lado somos deste mundo terreno, por outro lado somos também cidadãos deste mundo celestial.

CINCO BENÇÃOS QUE PRECISAMOS CONFESSAR

Primeira Benção – Escolhidos para sermos santos.  “Assim como nos escolheu, Nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante Ele; e em amor.” V.4 Não fomos nós que escolhemos a Deus; antes, Ele nos escolheu por Sua vontade.

Mesmo os cristãos, tem receio desta doutrina bíblica por algumas razões:

A doutrina da eleição é uma revelação divina, e não uma especulação teológica.

A doutrina da eleição é um incentivo à santidade, e não uma desculpa para o pecado.

A doutrina da eleição é um estimulo a humildade, e não um motivo para o orgulho.

A doutrina da eleição não anula a verdade de que devemos evangelizar. Deus é quem dá a colheita, mas o agricultor é quem deve arar e semear.

Segunda Benção – Predestinados para sermos Filhos. “Nos predestinou para Ele, para adoção de Filhos, por meio de Jesus Cristo…”  V. 5

Predestinar significa “marcar de antemão” para certo destino.

O alvo está relacionado a sermos predestinados para sermos filhos.

Ser santo é questão de natureza, mas ser filho é questão de Ser Colocado na Forma de Cristo. É ter o Espírito do Filho de Deus.

Temos duas vidas em nós: A primeira é a vida natural que herdamos de nossos pais.

A segunda é a natureza espiritual, que nasceu de Deus.  Temos a posição legal para herdar todas as riquezas do Pai.

Terceira Benção – A Graça de Deus que nos fez Agradáveis a Ele. “Para louvor de sua graça, que Ele nos concedeu gratuitamente no Amado.”  V.6

A Graça de Deus é Cristo manifestado como meio para que possamos desfrutar de tudo aquilo que Deus tem e É.  O fato de Deus nos ter predestinado para a filiação visa ao louvor da expressão em GLORIA e GRAÇA.

Deus nos ama do mesmo jeito que ama Jesus. Somos os filhos nos quais Ele tem prazer.

Quarta benção – A redenção pelo Sangue de Jesus. “No qual temos a redenção, pelo Seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da Sua Graça.”  V. 7

Embora Deus se compraza em nós e tenha nos tornado objeto de Sua Graça, ainda assim precisamos de redenção, porque Ele é o Deus Justo. Deus não é somente um Deus de amor. Ele é também É Justo, e tudo que é injusto lhe desagrada. (Leia I Pedro 1.18-19)

Quinta Benção – O Selo e o Penhor do Espírito Santo. “… fostes selado com o Santo Espírito da Promessa; V13. O qual é o penhor da nossa herança…”  V.14.

O Selo: Significa propriedade. Não pode ser mais removido. O selo traz a imagem de Deus. O selo é a garantia da autenticidade. A presença do Espírito Santo em nós!   Penhor: Significa sinal e garantia de pagamento que garante a quitação.

Alguns tradutores da palavra “penhor” do grego preferem traduzir como “antegozo.”  Desfrutando da amostra, (o Espírito Santo em nós) temos o antegozo do que virá! O Espirito Santo é o Penhor, a Garantia da Herança!

Confesse as Bênçãos! Vivemos nos Lugares Celestiais! Cante a canção: “Nos lugares Celestiais, eu fui assentado, em Cristo Jesus, o Meu Senhor!”

Silvio Galli é o Pastor lider da Igreja Batista Água Viva de Mauá

Share

Web Design: