IGREJA DE JESUS – A COMUNIDADE DAS SEGUNDAS CHANCES


EDIFICAÇÃO PARA A CÉLULA

Semana de9 à 15 de Abril 2017 

TEMA: – “IGREJA DE JESUS – A COMUNIDADE DAS SEGUNDAS CHANCES” PR. SILVIO GALLI

SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO: “Em Mateus 26.41 Jesus nos ensina: “Vigiai e orai, para não cairdes em tentação.” Em I Tessalonicensses o Apostolo Paulo nos fala: “Orai sem cessar.”.

Como você entende realizar isto na pratica? Você tem um “Quarto de Guerra”?”. 

LOUVOR E ADORAÇÃO:   “ Tributo a Yeovah (Paulo Cesar Baruk) Adoramos (Pr. Antonio Cirilo) Coração igual ao Teu (Davi Silva).” Faça cópia dos cânticos para que todos participem. 

DIZIMOS E OFERTAS:   Mitos que impedem a nossa prosperidade.  O que é um mito?

“É uma profunda crença em algo com pouca validade.” 

 1º Mito: Eu preciso ter primeiro para depois ofertar. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”  (Lucas 6.38)

2º Mito: Se eu tivesse muito eu seria fiel. “Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; quem é injusto no pouco também é injusto no muito.” (Lucas 16.10)

3º Mito: Quando vier minha colheita eu farei a minha semeadura. “Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão; quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.”  (Salmos 126.5-6).  Acredite sempre nas verdades da Palavra de Deus. Salmo 1.1: “Feliz o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, não se assenta na roda dos escarnecedores. 2: Antes, o seu prazer está na lei do Senhor e na Sua lei medita de dia e de noite. 3: ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto fizer prosperará!” 

EDIFICAÇÃO: Igreja de Jesus – A comunidade das segundas chances.  Lamentações 3.19: “Lembra-te da minha aflição e do meu pranto, da minha tristeza profunda, 20: minha alma, continuamente, os recorda e se abate dentro de mim. 21: quero trazer a memória o que me pode dar esperanças 22: as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as Suas misericórdias não tem fim; 23: renovam-se a cada manhã. Grande é a Tua fidelidade. 24: a minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei Nele”. 

Imagine um mundo sem segundas chances.  Como seria?

Imagine se não pudéssemos voltar atrás e recomeçar. Imagine como seria a nossa vida se todas as nossas decisões fossem DEFINITIVAS E IRREVERSÍVEIS. Não pudéssemos mudar jamais. Como seria nossa vida se não tivéssemos segundas chances.

Obviamente algumas consequências do nosso passado são definitivas e irreversíveis.

Mas nós não somos condenados há sermos as mesmas pessoas para sempre.

QUATRO CONSIDERAÇÕES SOBRE SEGUNDAS CHANCES: 

1º) Se não tivéssemos SEGUNDAS CHANCES viveríamos em total solidão ou em relacionamentos superficiais.

Teríamos afastados de nós as pessoas com quem tivéssemos cultivados uma intimidade suficiente de relação de amor e afeto. Todas as vezes que nos aproximamos de alguém o suficiente para amarmos ou nos afeiçoarmos por este alguém de alguma forma vai nos ferir mutuamente.

Isto é inevitável.  Palavras, atos, gestos, padrões de comportamentos vão gerar feridas.

Se as pessoas com quem você convive não podem te machucar, seus relacionamentos são apenas superficiais. Quem só tem relacionamentos superficiais, vive em profunda solidão. Imagine se não pudéssemos voltar e fizer esta viagem ao tempo que é a experiência do: ARREPENDIMENTO, DO PERDÃO E DA RECONCILIAÇÃO.  Poder voltar ao tempo e dizer: Perdão! Arrependo-me do que fiz. Do que falei. De ter agido daquela maneira. Vamos recomeçar? 

2º) Se não tivéssemos SEGUNDAS CHANCES estaríamos condenados, vivendo pelos erros que cometemos no passado.

Nós cometemos erros no passado. Isto não significa necessariamente pecados.

E o que fizemos de errado no passado não implica necessariamente juízo sobre o nosso caráter.

O fato é que nós erramos, pois não somos perfeitos. Somos humanos! Não nascemos prontos! Erramos por que: Não tínhamos todas as informações. Não avaliamos corretamente. Induziram-nos ao erro. Acreditamos em pessoas imperfeitas. Nas suas palavras. Em suas promessas. Mas eu posso decidir diferente do que eu decidi no passado. E por decidir diferente as situações na minha vida mudam. Rever decisões é oportunidades de mudar circunstâncias. 

3º) As SEGUNDAS CHANCES do Senhor é a oportunidade que Ele nos dá para trocar as LAMENTAÇÕES pela ESPERANÇA.  Lamentações 3.21: “Quero trazer a memória o que me pode dar esperança.”  O que pode me trazer esperança? As misericórdias do Senhor! Elas não têm fim! Viver olhando para o passado, e não confiar nas misericórdias do Senhor.

Viver se lamentando é viver em função do passado. Viver com esperança e viver em função do futuro. O que serei depois daquilo que me tornei. 

4º) As SEGUNDAS CHANCES do Senhor me dão ESPERANÇA que minha vida e as circunstancias podem mudar.

Finalmente, precisamos entender que muitas circunstâncias desfavoráveis em nossa vida, é a MISERICÓRDIA de Deus, agindo em nosso favor, assim como nesta passagem com o povo de Israel. O Profeta Jeremias, teve o discernimento de que o que o povo de Deus estava passando era resultado de seus erros: Viraram as costas para Deus, adorando a ídolos dos Balains.( Jr.2.13). O fim deles seria a destruição total. Para que isto não acontecesse Deus os coloca nesta situação. A misericórdia de Deus é aquilo que nos chama a nós para nos reconstruirmos. No meio do caos o Profeta viu a misericórdia do Senhor: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as misericórdias não tem fim.” Lamentações 3.22.

 

COMPARTILHAMENTO:

 Você já recebeu segunda chance de alguém? Você já deu segunda chance para alguém?

Você está vivendo por um erro do passado porque alguém não lhe deu uma segunda chance?

Silvio Galli é o Pastor lider da Igreja Batista Água Viva de Mauá
Share

Assuntos Relacionados:

Web Design: