JESUS CRISTO SENHOR E SERVO


TEMA:  “JESUS CRISTO SENHOR E SERVO”  PR. SILVIO GALLI

SUGESTÃO QUEBRA-GELO:  “ Você já parou para meditar o quanto foi perdoado? Isto nos faz lembrar que este perdão está estendido a todos, e nos leva a orar e convidar pessoas ao nosso redor(parentes/amigos/vizinhos) a buscar este perdão. Lembre as pessoas que “nossos pecados, doenças, aflições e outras coisas iguais”  já foram deixadas na “Cruz do Calvário por Jesus! “A nossa consciência mostra o nosso pecado, mas a nossa fé nos mostra o Nosso Salvador!” 

LOUVOR/ADORAÇÃO: “ Seu sangue/Pra sempre(Fernandinho)  Nome sobre todo nome (Davi Silva) . Faça cópia para que todos cantem. 

 EDIFICAÇÃO: Jesus Cristo Senhor e Servo.  (Filipenses 2.5-11)

Uma verdade fundamental do Evangelho é que Jesus é plenamente Deus: João 1.1: “No principio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.3: Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele, e, sem Ele nada do que foi feito se fez. 14: E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a Sua gloria, gloria como do unigênito do Pai.”

Ele é filho de Deus e filho do homem. A Bíblia diz que “ tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a Si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até a morte e morte de cruz.” (Filipenses 2.7-8).  

Ele deixou a Sua glória e os poderes divinos e tornou-se homem. Isto significa que, como qualquer outro ser humano, Ele tinha sentimentos, dores e tentações, mas nunca pecou. 

Se o Senhor Jesus tivesse vindo ao mundo como Deus, então Ele não teria sido capaz de morrer na cruz por nossos pecados, porque Deus não pode morrer. Mas fazendo-se homem, Ele se fez mortal. Ele veio como homem e sofreu como homem. O sangue, o suor e as lágrimas eram reais. A dor era real. A morte foi real!

No Getsêmani, Ele viveu um grande sofrimento e agonia quando orou: “ dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a Tua.” (Lucas 22.42). 

Mas há um sofrimento espiritual aqui que às vezes não percebemos.  A separação do Pai.  Havia um cálice espiritual oferecido ao Senhor, e nele estavam todos os nossos pecados. Toda a nossa sujeira estava naquele cálice. E beber dele significava se separar do Pai, a quem Ele amava. Até então, Jesus nunca tinha se separado de Deus Pai. Então, foi dada a Ele uma escolha Beber o Cálice de nossos pecados ou voltar para casa, para a Glória. Se Ele rejeitasse o cálice, o Pai o traria para casa, e todos nós iríamos para o inferno por causa dos nossos pecados. Mas Jesus nos amou tanto que ficou. Ele bebeu o cálice de nossos pecados até o fim.

Ele percorreu todo o caminho por nós, todo o caminho até a cruz.

Hoje temos a face de Deus sorrindo para nós.

Jesus tomou o nosso lugar para que possamos tomar o lugar d’Ele, onde a face de Deus está sempre sorrindo para você. Que o Senhor faça resplendecer o rosto sobre ti {…} que o Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz.” (Nm. 6.25).

Jesus não conheceu pecado, mas se fez pecado por nós. No entanto, Ele sofreu e morreu pelos nossos pecados, porque Ele amava o Pai e também nos amou até o fim. (II Coríntios 5.21) 

De acordo com os historiadores, os açoites menos um de acordo com a lei judaica (Dt. 25.3). Os soldados romanos que executaram a flagelação odiavam os judeus e não teriam observado o Seu direito.

A Bíblia diz que “ pelas Suas pisaduras nós fomos sarados.” (Isaías 53.5). Jesus tomou cada um destes açoites terríveis porque Ele teve que pagar o preço total para a nossa saúde. 

No Getsênami, podemos ver a completa obediência do Senhor Jesus. Um sinal de amor.

Filipenses 2.7-8, o Apostolo Paulo diz que Ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.”

Jesus se fez escravo(a palavra “servo” aqui é “doulos” que significa “escravo”) por nós.               

Há uma imagem muito bonita do que Jesus fez por nós escondida na Lei do escravo hebreu. Depois que Deus deu a Moisés os Dez Mandamentos em Êxodo 20, Ele deu uma Lei sobre os escravos em Israel.

A: Um escravo hebreu só podia servir ao seu senhor por seis anos; no sétimo ano, ele sairia livre. Se tivesse se casado e tido filhos nestes seis anos, ele não poderia levar sua esposa e seus filhos junto quando saísse.

B: Sua esposa e seus filhos pertenciam ao seu senhor. Esta era a Lei. Mas, se o servo dissesse: “ Eu Não quero sair livre, mesmo que este seja o meu direito, porque eu amo meu senhor, minha esposa e meus filhos.”

C: Então, o seu senhor o levava diante dos juízes de Israel e aquele escravo tinha a sua orelha furada na porta da casa. Ao fazer isto, seu sangue seria derramado na porta.

Sua orelha furada serviria como um sinal para todos de que ele agora é um escravo por opção. Poderia ser livre, mas preferiu ficar porque  amava o seu senhor, esposa e filhos. 

A Lei se torna muito bonita quando conseguimos enxergar o Senhor Jesus nela.

No Jardim do Getsênami, Jesus, o Servo (escravo) perfeito. Optou não ser livre, mas permanecer na terra, porque Ele amava o Seu Pai e a sua noiva, a Igreja.

Por causa disto, Ele foi açoitado e depois perfurado por uma coroa de espinhos, pregos e a lança de um soldado romano. O escravo hebreu guardava o buraco na orelha como sinal da sua escolha, mas o Senhor traz nas mãos os cravos da cruz

Por isto, alegre-se com a plenitude do perdão. Ele decidiu não ser livre por amar ao Pai e a nós. Nunca cometa o erro de pensar que possui pecado não perdoado. O preço total foi pago.

O maior insulto à Cristo é crer que seus pecados ainda não foram perdoados.

Jesus um homem que nos serve para sempre. “Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus o homem.” (I Timóteo 2.5).

Esta afirmação pode chocar algumas pessoas religiosas, mas, no céu hoje, Jesus é para sempre, um homem e será para sempre um Servo.

No céu um dia, nós vamos ver as feridas de Jesus. A marca de seu grande amor por nós!  

Silvio Galli é o Pastor lider da Igreja Batista Água Viva de Mauá
Share

Assuntos Relacionados:

Web Design: