SAIA DA MALDIÇÃO DA LEI, PERMANEÇA DEBAIXO DA GRAÇA


SUGESTÃO QUEBRA-GELO“Não confie em seu próprio amor pelo Senhor, mas descanse no Amor d’Ele por você!” Nestes tempos tão difíceis, você tem conseguido descansar no Senhor?

LOUVOR/ADORAÇÃO
: “Galileu(Fernandinho) Pra Sempre/Porque Ele vive (Gabriel Guedes)”

DÍZIMOS/OFERTAS:  ADORANDO A DEUS COM MEUS BENS!

Hebreus 7.1: “ Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; 2: a quem também Abraão deu o dízimo de tudo…”

Nesta época em que Abraão voltava de uma guerra, onde foi resgatar seu sobrinho Ló e todos  seus bens que haviam sido levado por outros reis (confira em Genesis 14) foi abençoado pelo sacerdote Melquisedeque, e entregou o dízimo de tudo, por Gratidão, pois o dízimo não havia sido instituído na lei.

A doutrina do dízimo é inaceitável para aqueles que ainda não tiveram uma experiência pessoal com Jesus Cristo.

Isto por que não foram ainda marcados pela consciência da Causa de Deus e nem pela prioridade do Seu Reino. Ser ou não ser dizimista é uma questão de acreditarmos na causa que abraçamos! Quando entendemos, dizimamos no mínimo por Gratidão!

EDIFICAÇÃO:  Saia da Maldição da Lei, permaneça debaixo da Graça.  (Gálatas 3.10-14)

A Bíblia é dividida entre Velho e Novo Testamento. O que difere é: A lei e A Graça.

Só tem Favor de Deus quem permanece na Nova Aliança. Quem permanece debaixo da Graça.

A coisa mais importante na Vida é ter o Favor de Deus. Quem tem o Favor de Deus: 

Prospera. As portas se abrem. O sucesso vem. Os céus estão abertos.

Mesmo sendo cristãos do Novo Testamento, ainda podemos viver como se estivéssemos na Lei do Velho Testamento.

Em um momento estou confiando na Graça. Em outro momento entro debaixo da Lei.

O que é isto na prática? A lei e a Graça podem ser expressas de muitas formas. Podem se manifestar de maneiras diferentes.  É isto que queremos mostrar. Precisamos vigiar e para isto, é fundamental entendermos todas as formas que a Lei e a Graça podem assumir em nosso dia a dia.

Queremos então nesta mensagem colocar Paralelos entre a Lei e a Graça.

  1. Lei é favor merecido; Graça é favor imerecido. (Romanos 4.13-14) Toda vez que você achar que merece receber algo de Deus, ELE não pode te dar nada, pois senão, ELE estará reforçando: “JUSTIÇA PRÓPRIA/ MERECIMENTO. Quero te dizer algo: Desista de merecer. Receba pela Abundancia da Graça de Deus as promessas em sua vida.
  2. Lei é buscar ter justiça própria, Graça é receber a justiça de Deus. (Filipenses 3.9) Sabe porque Deus abomina tanto a Justiça Própria? Porque tudo é para Cristo. Cristo é o Centro de tudo. Ele encabeça todas as coisas. A maneira de você honrar a Deus e a Cristo é, honrar a Obra do Calvário.
  3. Lei é demanda; Graça é provisão. Viver em demanda é viver debaixo da exigência, “tem que ter, tem que ser, tem que fazer…”  Viver na provisão divina é a cada dia estar convicto que o Senhor “vai me capacitar, vai me direcionar…” Viver confiado na Provisão é fundamental, pois isto afeta tudo em sua vida: “Vida Familiar, Vida profissional,  Vida espiritual.”                                                                           
  4. Lei é o que você é para Deus; Graça é o que Deus é para você. (Romanos 6.14)  Quando você vive na base do que Cristo é para você, as coisas mudam. A Base é Cristo. O que Ele faz. O que Ele é.  Não o que eu tenho que ser.
  5. A Lei nos faz conscientes de nós mesmos; a Graça nos faz conscientes de Cristo. A origem de toda dor e tristeza em nossa vida, é o eu, o ego. A maneira de sermos livres de uma vida focada no eu, é estarmos conscientes que Cristo é nossa verdadeira identidade. Ele veio habitar dentro de você.
  6. Na Lei a impureza é contagiosa; na Graça a virtude é contagiosa. Na lei uma coisa santa se tornava impura se tocasse em algo impuro. Na Graça o santo toca o imundo e o purifica. Em Mateus 7 Jesus toca em um leproso é O purifica.
  7. A Lei nos desafia a fazer; a Graça nos desafia a crer. (Romanos 10.4-6) Quando você baseia a sua vida em sua obediência, o seu alicerce será fraco. Baseie a sua vida em Crer. O nosso fazer é resultado do nosso Crer. O fazer não é a base. É o resultado.
  8. Lei é o nosso amor por Deus; Graça é o amor d’Ele por nós. Nosso amor por Ele será apenas uma resposta do amor que recebemos. Quando entendemos que somos amados, então nós o amamos. A Base é: Ele me ama.

CONCLUSÃO: O que eu tenho de mais importante para te dizer é que VOCÊ É AMADO DE DEUS, e que esta revelação te levará a ter o FAVOR DE DEUS EM SUA VIDA.   Não é apenas uma decisão mental. VOCÊ PRECISA TER UMA EXPERIENCIA COM O AMOR DELE e não com seu próprio amor!  Cante: Ele nos ama tanto…

Fernando Lojudici é Pastor da Igreja Batista Água Viva de Mauá

Share

Assuntos Relacionados:

Web Design: