VOCÊ FOI CHAMADO PARA VENCER GIGANTES


SUGESTÃO DE QUEBRA-GELO:  “Ao iniciar a célula distribua um copo descartável com pipocas (completamente sem sal). Não diga que é quebra-gelo. Continue a célula normalmente. Em certo momento pergunte se a pipoca esta gostosa. Quando alguém disser que está sem sal, aproveite e ministre a importância de sermos o sal da terra. (Mateus 5.13).

LOUVOR/ADORAÇÃO:  “Toma o Teu lugar(Diante do Trono) Lindo, Lindo És(Livres para adorar) Marca da Promessa(Trazendo a Arca) ”    Faça copia para que todos cantem.

DÍZIMOS/OFERTAS: I Timóteo 6.17: “Exorta aos ricos do presente século que não sejam orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento(agrado). 18: que pratiquem o bem, sejam ricos de boas obras, generosos em dar e prontos a repartir.” 

Deus Nosso Pai nos prospera e nos enriquece para nos ver felizes, por querer nos agradar, para que também O agrademos, pratiquemos o bem, fazermos boas obras, sermos generosos em dar e repartirmos com os que necessitam. E abençoarmos a Sua obra, com nossos dízimos e ofertas.

EDIFICAÇÃO:  Você foi chamado para vencer gigantes.  (1 Samuel 17: 41-52)

Queremos falar do Rei Davi que matou o gigante Golias: Tinha ele quase três metros de altura. Usava uma armadura que pesava mais de oitenta quilos e uma lança que pesava doze quilos.  Este guerreiro amedrontador desafiou os soldados israelitas durante quarenta dias afrontando e humilhando-os insolentemente, indagando de manhã e a tarde, por um homem para enfrentá-lo

Podemos extrair algumas lições deste episódio:

1: Diante da ameaça dos gigantes o animo do povo se abate(1Samuel 17.11)

2: Os gigantes são inimigos atrevidos (1 Samuel 17. 42-43)

3: Os gigantes parecem invencíveis (1 Samuel 17:5.6.7)

4: Os gigantes são persistentes (1 Samuel 17. 16).

Se os gigantes que estão à sua frente conseguem desviar os seus olhos de Deus e se a crise faz com que você olhe só para suas limitações e fraquezas, então sua derrota, de fato, é certa.

Os Gigantes precisam ser enfrentados e vencidos. Não podemos buscar um atalho e fugir deles, porque estão por todos os lados e em cada esquina Os gigantes pensam que são imbatíveis por isto não saem do nosso caminho.

Os gigantes, na verdade, revelam quem realmente somos: Covardes ou Corajosos.

Veremos a seguir algumas importantes lições que este episódio nos ensina.

Como podemos vencer estes gigantes? 

1-Vencedores de Gigantes são autênticos. Saul achava que já que Davi estava disposto a enfrentar o Gigante, tinha que fazê-lo do seu jeito. Colocou a sua armadura em Davi, mas em vez de ajuda-lo, isto se tornou um estorvo. Então, Davi disse: Não posso andar com isto, pois nunca o usei. E Davi tirou aquilo de sobre si.” (1 Samuel 17.39).  Não podemos enfrentar nossos Gigantes usando armas alheias. Durante as crises, as pessoas esperam que você se torne igual a elas. Seja você mesmo. Seja autêntico. Tenha coragem ser diferente. Você não precisa ser igual aos outros. Faça como Davi: Tire a armadura de Saul e avance contra os gigantes, usando as armas que Deus te deu.

2- Vencedores de Gigantes primeiro vencem obstáculos menores. “O Senhor me livrou das garras do leão e das do urso; Ele me livrará das mãos deste filisteu.”  (1Samuel 17.37). Antes de vencer o Gigante à sua frente, Davi precisou triunfar  sobre opositores menores.  Todos os dias podemos matar um URSO ou um LEÃO e ainda assim, permanecer no anonimato. Mas ursos e leões fazem parte do treinamento dos matadores de Gigantes.

3- Vencedores de Gigantes em vez de correr do inimigo vão para cima contra ele. “Tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco pedras lisas do ribeiro, e as pôs no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão; e, lançando mão da sua funda foi-se chegando ao filisteu.”  (1 Samuel 17.40). Davi não esperou que Golias o atacasse. Ele não era homem de retaguarda, mas de vanguarda. Ele não se intimidou com as insolências e bravatas do Gigante. Não ficou na retranca, acuado. Ele tomou a iniciativa, correu, avançou e deu o primeiro passo para a vitória consagradora. A vida é um campo de batalha. O diabo e suas hostes infernais são os nossos arqui-inimigos. Não corremos do inimigo, mas, avançamos contra ele. Nosso inimigo já foi despojado na cruz.

4- Vencedores de Gigantes em vez de temer a derrota não se contentam com nada menos que a vitória. Davi não fez nenhuma previsão para a derrota. Seu lema era vencer ou vencer. Na sua agenda não havia espaço para o fracasso. Deus não nos promete ausência de lutas, mas nos garante a vitória. Em vez de temer a ameaça transforme-a no instrumento de sua mais consagradora vitória. Temos que olhar para vida pela ótica de Deus. “O qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva.” (Salmos 84.6).

Precisamos transformar vales em mananciais. Precisamos transformar desertos em pomares. O Deus que agiu no passado é o mesmo que age hoje. Ele não é o Deus dos antigos. Ele está vivo. Ele é imutável. Seu braço não se encolheu. Ele opera maravilhas ainda hoje. Foi nesta verdade que Davi se agarrou para enfrentar o gigante. Davi não era louco para desafiar Golias apoiado em sua própria força. Ele sabia que a sua vitória viria de Deus.

Querido irmão! O jogo ainda não acabou. A luta continua. A vitória é certa. Você pode ser um VENCEDOR DE GIGANTES!

Quando Golias se levantar, será para cumprir um propósito. Tirar você de onde estas para te colocar em um lugar mais alto.  Tenha uma semana de vitória sobre os ursos, leões e gigantes.

Silvio Galli é o Pastor lider da Igreja Batista Água Viva de Mauá

Share

Web Design: